QUALIF. CAN-2021:MORETO CASSAMÁ, MAMA BALDÉ E MAIS 3 INTERNACIONAIS ESTÃO FORA DAS CONTAS DO MISTER CANDÉ

Os internacionais guineenses,  Moreto Cassamá do Stade de Reims e Mama Baldé do Dijon ambos da primeira liga francesa e convocados pelo selecionador nacional Baciro Candé para os embates com Eswatini e Congo Brazzaville, referentes aos jogos de qualificação para o CAN-2021, são baixas de peso na seleção nacional para estes compromissos, devido a decisão tomada ontem "17.03.2021" pelos clubes franceses de não libertar os jogadores que têm jogos de seleção fora do território da União Europeia. 



Segundo o comunicado da Liga francesa de futebol profissional consultado pelo Portal Desportivo Sou Djurtu,  os jogadores internacionais com compromissos fora do território da União Europeia e do Espaço Económico Europeu,  não serão libertados para as suas respectivas seleções devido às restrições em vigor. 

A decisão tomada por unanimidade pelos clubes da Ligue 1 e Ligue 2, deixará o selecionador nacional Baciro Candé sem contar com cinco internacionais guineenses, Moreto Cassamá, Mama Baldé, Opa Sangante, Joseph Mendes e Alexandre Mendy respectivamente. O único jogador a atuar em França que o seu clube é obrigado a libertá-lo, é o defesa internacional Juary Soares que joga no Créteil-Lusitanos dna National 1, correspondente a terceira divisão.

Os clubes das duas ligas profissionais francesas justificaram a decisão de não libertar os jogadores, com base no cumprimento do circular da FIFA de 5 de Fevereiro de 2021, que abre a excepção para os clubes decidirem sobre a libertação dos jogadores internacionais tendo em consideração as restrições impostas pela pandemia de Covid-19 em diferentes país.

Guiné-Bissau defrontará Eswatini e Congo Brazzaville na quinta e sexta jornada de apuramento para o campeonato africano das nações a disputar em Camarões. Os Djurtus ocupam a terceira posição com três pontos, fruto de uma vitória e 3 derrotas tendo a obrigatoriedade de vencer os dois jogos para manter o sonho de participar pela terceira vez consecutiva numa fase final do CAN.

Partilhe no Google Plus

0 comentários:

Publicar um comentário