BENFICA DE BISSAU CONTRATA GUARDA-REDES CABOVERDIANO

O Sport Bissau e Benfica anunciou a contratação do guarda-redes caboverdiano, Orlando Monteiro, que militava nos Travadores da Praia. Conhecido no mundo de futebol por “Oblak”, o jovem futebolista chegou ao princípio da noite desta-feira, 12 de março de 2021, a Guiné-Bissau para rubricar o contrato com as Águias de Bissau.



O guardião cabo-verdiano de 21 anos de idade decidiu abraçar o projeto dos encarnados da Guiné-Bissau, uma vez que o time liderado por Wilson Pereira Batista está com carência no setor mais recuado do clube.

Em declarações à imprensa no aeroporto Internacional Osvaldo Vieira em Bissau, Orlando Monteiro “Oblak”, mostrou-se satisfeito por chegar a um dos maiores clubes da Guiné-Bissau.

“É uma alegria enorme poder representar o Benfica, porque é um clube muito ambicioso, um clube grande, um dos melhores de África e dos melhores da Guiné, por isso, decidi abraçar o seu convite”, declarou.

Oblak, que promete dar o seu máximo nas competições onde o clube esteja inserido, disse que a sua ambição é conquistar o campeonato nacional da primeira divisão da Guiné-Bissau.

Questionado pelo Jornal O Democrata se tem conhecimento do futebol da Guiné-Bissau, o antigo guarda-redes dos Travadores da Praia respondeu que espera um futebol competitivo, uma vez que teve oportunidade de conhecer vários jogadores guineenses em Cabo-Verde com muita qualidade.

Ainda no aeroporto Internacional Osvaldo Vieira, o guarda-redes foi recebido pelo diretor desportivo do Benfica, Mustafa Só “Lulu” e mais um elemento do clube.

Na sua declaração à imprensa, Só disse que o Benfica é um clube grande e ambicioso, por isso, decidiu apostar na contratação de um guarda-redes cabo-verdiano.

Em relação à ambição do clube para a nova época desportiva, o diretor desportivo das águias de Bissau disse que o clube vai lutar pela conquista de provas onde está inserido.

Embora a época desportiva 2021 não tenha uma data oficial para o seu início, o clube encarnado já contratou vários reforços, com destaque para o futebolista internacional da Guiné-Bissau, Lassana Camará.

A primeira liga de futebol do país conta com 14 clubes e a segunda divisão conta com 24. A prova inicia-se no próximo mês. Após um interregno do campeonato em março do ano passado, o que levou à anulação da prova devido ao novo coronavírus, até esta data a bola não voltou a rolar de forma oficial na Guiné-Bissau.

Por: Alison Cabral 

®️ O DEMOCRATA GB

Partilhe no Google Plus

0 comentários:

Publicar um comentário