GUINÉ-BISSAU DEU POR CONCLUÍDO CAMPEONATO DEVIDO À PANDEMIA

Prova estava interrompida desde março. 

A Federação de Futebol da Guiné-Bissau (FFGB) decidiu dar por concluído o campeonato de futebol suspenso em março, quando o Governo decretou o estado de emergência no país devido à covid-19, disse hoje à Lusa fonte oficial.



Bonifácio Sanhá, um dos vice-presidentes daquele órgão, indicou que a decisão foi tomada pelo Comité Executivo depois de ouvidos os clubes e associações filiadas na FFGB, que, de forma quase unânime, concordaram com a conclusão da prova.

Além da situação provocada pelo novo coronavírus, que levou a que as autoridades do país decretassem o estado de emergência por seis vezes, os associados da federação concordaram também que não existem condições para a prática do futebol, precisou Sanhá.

A Guiné-Bissau conheceu períodos de chuvas intensas entre os meses de junho e outubro, pelo que a maioria dos campos de jogo não tem condições para a prática de futebol, observou o vice-presidente da federação responsável pelas provas oficiais.

Na altura da paragem do campeonato, os clubes da primeira e segunda divisão preparavam-se para iniciar a segunda volta da prova e também já tinham disputado a primeira mão da Taça da Guiné-Bissau.

Em relação à nova época futebolística, Bonifácio Sanhá afirmou que o Comité Executivo vai pedir a anuência dos associados para que seja convocado um congresso extraordinário para o mês de dezembro, no qual poderá ser determinado o dia do início do campeonato.

O Comité Executivo "vai pedir a compreensão dos associados da federação" em relação ao plasmado nos estatutos que recomenda que o congresso deve ser convocado com 90 dias de antecedência, observou Sanhá.

"Se formos cumprir rigorosamente com isso, só vamos ter campeonato lá para março de 2021", defendeu Bonifácio Sanhá, salientando que os associados da federação "vão compreender" tendo em conta a situação da pandemia provocada pela covid-19.

"A intenção do Comité Executivo é iniciar o campeonato ainda em dezembro, talvez na última semana", enfatizou o dirigente.

O campeonato de futebol da Guiné-Bissau comporta 38 clubes, 14 da primeira divisão e 24 da seg

© O JOGO

Partilhe no Google Plus

0 comentários:

Publicar um comentário