CHAN'2020: DJURTUS HUMILHADOS EM CASA PELAS ÁGUIAS DO MALI

A seleção local da Guiné-Bissau sofreu uma pesada derrota em casa por [0-4], frente à sua congênere do Mali, no jogo da primeira mão da pré-préliminatória para a fase de grupos do CHAN'2020 que será disputado na Etiópia.



A partida foi disputada no mítico sintético do Estádio Lino Correia em Bissau, capital guineense, perante a presença aceitável dos adeptos nas bancadas.

Os malianos foram madrugadores no marcador. Dois (2) minutos foram suficientes para o avançado Moussa Koné abrir o marcador e ditar a regra na partida.

As Águias voaram pelas costas dos Djurtus com garras de lâmina, impedindo as manobras dos cães selvagens.

Os malianos sob o controle de passe do Ibraim Sidibé, camisa 11, eleito pela imprensa desportiva como "melhor em campo", aproveitaram os 'espaços em branco' para dilatar a vantagem com o bis de Moussa Koné, aos 38 minutos. Resultado que permaneceu até o fim do primeiro tempo.

No reatar da partida, a seleção visitante sendo senhores da partida, impedindo sequer uma faísca do atacante guineense, aos 55 minutos, através de um livre do lado direito da baliza de Carlos Domingos Gomes, vulgo Casilas, guarda-redes da seleção da Guiné-Bissau, Issaca Samaké ampliou a vantagem com um golaço de "tirar chapéu".

Ao minuto 70, Ceik Tidjane, recém-lançado no jogo, precisou de apenas 4 minutos para fazer o golo que fixou o placar por 0-4, tranquilizando a sua seleção na corrida para a fase de grupos.

Depois do jogo, o selecionador nacional, Pedro Dias, reconhece a falha dos seus rapazes e promete trabalhar estrategicamente para o embate da segunda mão, que segundo disse, nada é impossível. "Os malianos podem estar confiantes neste resultado e lá podemos fazer a mesma surpresa que eles fizeram aqui. É só questão de trabalharmos em alguns aspectos" - afirmou o técnico.

Nas suas palavras, António Nhaga da Silva, Capitão da turma nacional, pediu um tratamento condigno aos rapazes da seleção como qualquer outra ao serviço da pátria. "É bom sermos tratados pelo menos um pouco igual como a seleção principal. Juntar atletas em três dias para um embate desse nível é difícil. Treinar e voltar a sua casa pode trazer outras coisas" - lamentou a voz máxima dos jogadores.

De referir que a segunda mão está agendada para o dia 02 de Agosto do corrente, na capital maliana Bamako.

A competição "CHAN" envolve alenas os jogadores que praticam futebol nos seus respetivos países.

Saliente-se que no ranking da FIFA atualizado ontem, 26 de Julho, a Guiné-Bissau desceu 5 lugares, ocupando agora o lugar 123.

© O Golo GB

Partilhe no Google Plus

0 comentários:

Publicar um comentário