FALTA DE INFORMAÇÃO AFASTA FC CUNTUM DA “TAÇA DAS TAÇAS” AFRICANA


Os cavalos brancos de Cuntum, finalista vencida da taça da Guiné-Bissau, que devia representar o país na segunda maior competição dos clubes africanos  (Taça das Taças), não se inscreveu por falta da informação atempada da parte da Federação de Futebol de Guiné-Bissau.

Pedro Bucar Sanhá, vice-presidente de FC Cuntum, disse ao repórter do semanário guineense O Democrata que o seu clube não recebeu informações a tempo para que pudesse organizar-se melhor e confirmar a sua presença naquela competição junto da Confederação Africana de Futebol (CAF). Acrescentou que “era sonho de todos os dirigentes, jogadores, amantes e moradores de Cuntum”, um dia ver a equipa jogar uma competição africana pela primeira vez, após 20 anos da sua fundação.

“Não podemos explicar de concreto o que se passou, porque manifestamos a nossa intenção de jogar a taça e fizemos tudo àquilo que a federação nacional pediu-nos. Ficamos o tempo todo à espera da resposta da federação! Infelizmente, até neste momento não recebemos nenhuma resposta por parte da entidade que gere o futebol nacional. Soubemos do início da competição na semana passada, através dos órgãos de comunicação social, mas a federação até agora não nos disse nada”, referiu.

Todavia, assume que a sua equipa também teve cota parte da culpa na história, porque teve descuido em acompanhar o site da CAF, onde poderia ter conseguido informações sobre a inscrição das equipas. Garantiu que vão trabalhar esta época desportiva no campeonato nacional a fim de conquistar troféus e,consequentemente, marcar presença nas competições africanas na próxima época desportiva.

O DEMOCRATA GB
Partilhe no Google Plus