Zezinho: “QUEM MANDA NA NOSSA CASA, SOMOS NÓS! MOÇAMBIQUE NÃO NOS AGUENTARÁ”


O capitão da selecção nacional dos “Djurtus”, José Luis Mendes Lopes (Zezinho) disse no final da partida frente à Zâmbia, que “quem manda na nossa casa, somo nós”. Lopes acredita ainda que a selecção de Moçambique não poderá aguentar os Djurtus em Bissau. 


O capitão da turma nacional reagia assim aos microfones de jornalistas da Rádio Sol Mansi, depois do apito final de árbitro togolês, Ntale Kokou Ognankotan, numa partida vencida pela Guiné-Bissau por duas bolas a uma e garantindo desta forma a liderança isolada do Grupo K com sete pontos. 

A partida disputada no Estádio Nacional 24 de Setembro, assinala a 4ª jornada do jogo da eliminatória para o Campeonato Africano das Nações (CAN) 2019, a disputar-se nos Camarões.  

Sobre o próximo jogo com a selecção da Namíbia, Zezinho afirmou que a turma nacional aposta sempre na vitória, mesmo deslocando-se à casa do adversário. Contudo, ressalvou que “se houver um empate o seu grupo se conformará com o resultado, mas a ideia é jogar para a vitória e trazer os três pontos para a casa”. 

Pelé: “OBJETIVO É CHEGAR AO CAN 2019 E CERTAMENTE VAMOS ESTAR NOS CAMARÕES”

Para o médio defensivo Judinilson Gomes (Pelé), disse que valeu a pena o esforço dos Djurtus para dar alegria ao povo guineense, que segundo ele, de forma incondicional apoia a selecção nacional. 

“Nós temos todo o dever de dar o nosso máximo e é o que temos vindo a fazer. O nosso objetivo é chegar ao CAN e certamente vamos estar nos Camarões em 2019”, afirmou o médio defensivo guineense que joga ao serviço de Mónaco de França. 

Questionado sobre a sua lesão que obrigou a sua substituição no jogo, explicou que não está lesionado, mas disse estar com cansaço físico. Tranquilizou o público guineense de que está bem.  

Por: Assana Sambú
in O DEMOCRATA GB
Partilhe no Google Plus