LEONARDO JARDIM NÃO QUERIA CONTRATAÇÃO DE PELÉ AO MONACO


O  internacional guineense, Judilson Mamadu Tuncara Gomes (Pelé), que está a cumprir a sua primeira época, ao serviço de Mónaco, da liga Francesa relevou que o treinador português Leonardo Jardim não queria a sua contração ao Mónaco, adiantando que foi pela insistência do presidente do clube.

A revelação do médio de 27 anos de idade foi feita durante uma entrevista ao programa desportivo “4 linhas” da Radio Sol Mansi.

Segundo o atleta a sua contratação para Mónaco foi graças a uma boa campanha da sua antiga equipa Rio Ave na época passada, na qual evidenciou as suas qualidades futebolísticas.

Questionado se o treinador Português Leonardo Jardim, teve um papel muito fundamental na sua contratação, o camisola número 28 dos monegascos relevou à emissora católica guineense, que o técnico português preferia contratar o outro jogador em vez dele, mas o presidente do clube Dmitry Rybolovlev acabou por decidir contrata-lo.

Durante a entrevista Pelé revelou ainda que optou assinar pelos franceses porque queria experimentar outras ligas e pela atração do clube monegasco.
“Graças a Deus surgiu, naturalmente, propostas dos dois clubes grandes do futebol português, Benfica e FC Porto. Mas decidi ir para França porque queria experimentar outros campeonatos europeus” notou.

O centro campista que estava no radar do Benfica para reforçar o meio campo da equipa encarnada, antes da contratação do outro futebolista guineense Alfa Semedo realçou ainda que assinar para o Monaco foi a melhor decisão que tomou.

Quanto o início da época, o camisola numero 10 dos Djurtus, disse, que ainda a época não está a correr nada bem a nível pessoal porque não está a jogar com a maior regularidade. O que na sua visão, é compreensível, uma vez que está ainda no processo da adaptação ao futebol francês, mas prometeu trabalhar para merecer a confiança do novo treinador, Thierry Henry,e dar a prova o porque é que o presidente do Mónaco confiou na sua contratação.

Recorda-se que o contrato de futebolista guineense com Manco é valido por 5 épocas.

Por: Idjé da Costa
Partilhe no Google Plus