EUSÉBIO MANGO FERNANDES ACUSA EMPRESÁRIOS DE ABANDONAR FUTEBOLISTAS NAS RUAS DE PORTUGAL

O empresário que intervém na área de futebol, Eusébio Mango Fernandes acusou no passadso dia 16 novembro de 2017 vários outros empresários desportivos de abandonarem jovens futebolistas à sua sorte em Portugal, sem mínimas condições.

Eusébio disse que chegou a organizar um encontro, em Lisboa, com futebolistas nessas condições, onde constatou que a maioria dos que marcaram a presença era guineense, seguido por angolanos e guineenses da Guiné-Conacri.

O jovem empresário guineense que foi homenageado no bairro onde nasceu em Bissau (Pefine), no último fim semana, pelo trabalho que tem desenvolvido enquanto agente de futebol, disse que esta situação é preocupante e instou aos seus colegas empresários a melhorar o trabalho para estancar a prática.

Visto como um dos grandes empresários da Guiné-Bissau em progressão no futebol europeu, Mango Fernandes, revela que nunca levou um jogador à europa por encomenda dos outros agentes.

“Não vou apontar dedo a ninguém por esta prática, mas eu sempre estou no país para conhecer em primeira pessoa o jogador que vou levar para o futebol profissional, porque fiz um trajeto como futebolista durante muitos anos em Portugal, nomeadamente, no Sporting antes de ser empresário de futebol. Conheço jogador com capacidade para jogar ao mais alto nível”, argumentou Fernandes.

Eusébio Mango Fernandes, que antes de ser empresário de futebol, teve oportunidade de trabalhar como observador técnico do Sporting Clube de Portugal para captar talentos, durante 6 anos, revela que os jovens futebolistas no futebol estão a ter dificuldade da integração devido a realidade europeia.

“Muita das vezes quando um jogador muda para futebol europeu, nomeadamente em Portugal, em termo emocional liberta facilmente e expressa aquilo que sabe, mas há caso dos que quando estão na europa ficam com sentido em Bissau”, referiu ainda o empresário.

Nesta entrevista a nossa estação, Mango Fernandes, abordou o momento do jovem futebolista guineense, Alfa Semedo que atua no Moreirense da primeira liga portuguesa de futebol na presente época.

Segundo o empresário, “Carvalho” vulgarmente conhecido em Bissau, está a ser seguido neste momento por vários clubes nas principais ligas, com destaque para Liga Espanhola de Futebol e a Premir League da Inglaterra.

Sem citar nomes dos clubes, Eusébio Mango Fernandes, revela que Alfa Semedo já recebeu propostas de dois clubes espanhol e Inglês.

“O que eu posso dizer é que há uma abordagem real, sem especulação por “Carvalho” destes dois países europeus, mas vamos continuar a conversar para veremos o que vai acontecer”, afirmou o empresário do jovem futebolista que atua como médio defensivo.

Oriundo da “Academia Fidjus di Bideras” em Bissau antes de rumar para o Seixal onde jogou no júnior do Sport Lisboa e Benfica e depois um ano de empréstimo no Vila-franquense, agora jogador do Moreirense, Alfa Semedo, é visto por vários comentários desportivos nacionais como um dos jogadores guineenses com uma grande margem para singrar no futebol europeu. “Eu sempre disse que “Carvalho” tem qualidades para jogar nos três grandes clubes de Portugal (Benfica, Sporting e FC Porto), mas que continue a trabalhar duro e com muita humilde”, referiu ainda o agente numa entrevista a Radio Jovem.

Questionado pela repórter da nossa estação emissora sobre a informação que dá conta que o selecionador português de sub-21, Rui Jorge está a observar o jovem futebolista para futuras convocatórias, o empresário confirma e disse que o selecionador pondera convocar a qualquer o momento atleta natural da Guiné-Bissau.

Para além da seleção de Portugal, o empresário disse que foi também abordado pelo selecionador nacional, Baciro Candé sobre uma possível convocatória do jogador.

O jovem empresário para além da homenagem que recebeu em Bissau, também aproveitou a sua estadia no país para ultimar a transferência de dois jovens futebolistas, Ailton e Jailson que brevemente vão entregar os trabalhos no Clube Desportivo Feirense.

Eusébio Mango Fernandes, saiu de Bissau em dezembro de 1987, como futebolistas que queria tentar a sorte no futebol português.

Nos primeiros passos enquanto jogador jovem, jogou pelo Sporting Clube de Portugal e FC Porto, já enquanto sénior teve passagem por Portimonense, Famalicão, Oliveira de Hospital, Torres Novas, Recreio de Agida, Valonguense e Lousanense.

Mango Fernandes, também teve oportunidade de jogar nas seleções jovens de Portugal.

Por: Alison Cabral
Fonte: Rádio Jovem

Partilhe no Google Plus