MANELINHO «GUINÉ-BISSAU ESTARÁ NO CAN’2019 EM CAMARÕES»

O presidente da Federação de Futebol da Guiné-Bissau (FFGB), Manuel Irénio Nascimento Lopes (Manelinho) disse que o povo está com os jogadores e ele como líder federativo também está com os atletas, reiterando que em 2019 o país estará no CAN em Camarões.

Questionado sobre se o atual ambiente da FFGB não afetará a seleção nacional, Manelinho disse para que as pessoas não confundem alho com bugalho, acrescentando que uma coisa não tem nada a ver com a outra, sublinhando que os jogadores vieram para defender a Bandeira Nacional.

“Atual situação é meramente um controlo de rotina que é normal. Fui chamado, simplesmente, para ir responder sobre algumas acusações que a federação de futebol foi alvo, e não uma acusação contra mim ou contra a Dona Virgínia. É minha obrigação ir responder à justiça, ninguém está acima da lei. Fui ouvido pela justiça e continuei presidente da FFGB”, explica Manelinho. Que de seguida pediu mais união entre os guineenses, desafiando que o jogo é para ganhar sendo a estreia nacional e em casa.

O líder federativo revela que não tem nenhuma restrição de sair do país, aconselhando os outros jogadores guineenses a seguirem exemplo de Péle para virem representar as cores nacional.

“A Polícia Judiciária (PJ) não encerrou as portas da federação, eu na qualidade do presidente da instituição, entendi que ontem [quinta-feira, 01 de junho] não era dia oportuno para trabalhar, porque o presidente deve ser ouvido neste dia e os funcionários disseram-me que queriam ir comigo, por isso, ordenei que fechem as portas e fomos juntos, é só isso”, esclarece Manelinho sobre as informações que davam conta de que foi a PJ quem encerrou as portas da FFGB.

Fonte: O GOLO-GB
Partilhe no Google Plus