TAÇA DE GUINÉ: BENFICA ‘HUMILHA’ LEÕES DE BISSAU COM 4-0

O Sport Bissau e Benfica ‘humilhou’ na tarde de ontem, 15 de março os Leões de Bissau por quatro bolas sem resposta  (4-0), na partida que contava para a segunda eliminatória da Taça de Guiné em futebol, num jogo disputado no Estádio Lino Correia, em Bissau.

No segundo dérbi da capital nesta presente época desportiva, as águias de Bissau deram chapa quatro ao rival leonino. As duas formações voltaram a reencontrar-se em menos de duas semanas depois de defrontarem-se para a nona (9ª) jornada da ‘Guines-Liga’ no passado dia 4 de março, no mesmo palco de hoje – Estádio Lino Correia, mas no primeiro encontro da temporada as duas equipas empataram a uma bola [1-1].

Sob uma boa assistência do público nas bancadas, as águias de Bissau dominaram por completo a partida frente a um Sporting apático e sem fio de jogo.

O Benfica dominador viu o seu primeiro golo aparecer aos 25 minutos do jogo por intermédio de antigo avançado dos leões, Falilo Djaló, que violou as redes da sua antiga equipa depois de receber a bola vindo de um cruzamento de Jean Marcelo Mendes na direita do ataque benfiquista.

Aos 35 minutos do encontro, o guarda-redes dos leões de Bissau, Armando Gama evitou o segundo golo das águias, defendendo um remate de Jean Marcelo Mendes que ficava frente a frente com ele. As duas formações foram para os balneários com 1-0 a favor do Benfica.

No reatar da partida, os encarnados de Bissau continuaram a comandar o desafio, ameaçando a cada minuto a baliza defendida por Armando Gama, mas apenas o segundo tento chegou aos 56 minutos do jogo numa assinatura de Jean Marcelo Mendes, fazendo [2-0] para o Benfica.

Mesmo com o domínio das águias, o terceiro golo surgiu aos 82 minutos do jogo, desta feita com o golo do jovem sensação do Benfica, Iano Simão que saiu do banco para apontar o [3-0] a favor das águias.

O miúdo visto como um ‘El-Matador’, neste caso falamos de Iano Simão bisou no encontro aos 89 minutos, num lance bem desenhado no ataque dos encarnados, colocando Iano na cara de Armando Gama e não perdoou, fazendo o segundo na conta pessoal neste jogo e fixou o resultado em [4-0] a favor do Benfica.

No final do encontro, o técnico do Benfica, João Na Tchigna (Mister Djon) confessou que esperava ter um jogo difícil, mas no terreno viu-se confrontado com a partida mais fácil desta temporada para sua equipa.

Para o adjunto técnico leonino, Sidi Mané a falta de colaboração no seio do clube dos leões influenciou negativamente na partida contra o rival Benfica.

Recorde-se que o Sporting foi ao jogo frente ao Benfica sem seu treinador principal, Marcelo sebastião Mendonça, assim como do Diretor-técnico, Domingos Té (Apatchi).

‘O Golo GB’ soube que, Marcelo Sebastião Mendoça já entregou ao clube dos leões de Bissau uma carta, pedindo sua renúncia do cargo do técnico do Sporting Clube da Guiné-Bissau.

2ª ELIMINATÓRIA DA TAÇA DE GUINÉ – JOGOS E OS RESULTADOS

Bambadinca [2-1] Bafatá

Benfica [4-0] Sporting

Bissorã [2-0] Cantanhez

UDIB [2-0] Portos

Pelundo [2-1] Quinara

Bula [1-0] Cuntum

Cumura [1-1] São domingos (grandes penalidades [7-8])

Bijagós [x] Nhacra (Nhacra não compareceu, ou seja, não viajou para Bubaque)

Desportivo de Gabú [1-0] Ajuda Sport Clube

Estrela Negra de Bissau [1-0] Djatá FC Fulacunda


O GOLO-GB
Partilhe no Google Plus