CONTA DA FEDERAÇÃO DA GUINÉ-BISSAU CONGELADA POR ORDEM JUDICIAL

As contas e os papéis da federação "estão a ser analisados" no Gabinete de Luta Contra Corrupção e Delitos Económicos", segundo fonte ligada ao processo.

A conta bancária da Federação de Futebol da Guiné-Bissau (FFGB) está congelada por ordens de uma magistrada do Gabinete de Luta Contra Corrupção e Delitos Económicos do Ministério Público.
Fatumata Sani Embaló solicitou, no dia 8 de fevereiro, a cativação da conta da federação no banco Ecobank e a diretora-geral da instituição bancária, Tene Sónia Abo, informou, numa carta a que a Agência Lusa teve hoje acesso, que cativou a referida conta.

"Temos a informar que foi cativada a conta cujo titular é a Federação de Futebol da Guiné-Bissau, cumprindo assim a sua ordenança", lê-se na nota do banco.

Fonte ligada ao processo disse à Lusa que "as contas e os papéis da federação estão a ser analisados" no Gabinete de Luta Contra Corrupção e Delitos Económicos e nesse âmbito a magistrada decidiu pedir o congelamento da conta.

Contactada pela Lusa, fonte da FFGB remeteu "para breve" uma reação ao assunto.

LUSA
Partilhe no Google Plus