CANDÉ RECUSA COMENTAR DISPENSA DE ZÉ TURBO


O Selecionador Nacional de Futebol, escusou-se esta terça-feira de comentar a situação do internacional guineense, José Correia, conhecido entre amigos por “Zé Turbo” que foi dispensado dos trabalhos da seleção nacional, por alegada lesão contraída numa das sessões do treino, no passado dia 30 de Dezembro.

As informações iniciais apontavam para possível fractura do dedo da mão direita do jovem futebolista, mas segundo informações apuradas pela redação da Radio Jovem, indicam que “Zé Turbo” nunca partiu qualquer dedo da mão, mesmo assim o jogador está fora do centro de estágio.
Em declarações aos jornalistas no final de mais uma sessão de treino no estádio nacional 24 de Setembro esta terça-feira, Baciro Candé, disse que compete a equipa médica da seleção responder a situação do jovem futebolista “Zé Turbo”.

“Eu sou selecionador nacional de futebol, mas não é da minha competência a falar publicamente sobre a dispensa do futebolista, essa é a competência do Director Executivo da Federação de Futebol, Catió Baldé”, rematou Baciro Candé.

Reagindo a dispensa do futebolista, o comentador desportivo da Radio Jovem, Júlio Lusa, mostrou-se duvidoso em relação a justificação apresentado no sentido de dispensar o atleta.
Na opinião de Júlio Lusa, o futebolista internacional guineense, “Zé Turbo” não foi avaliado correntemente pela equipa médica da seleção nacional.

Um do mais ferrenho comentador desportivo da Radio Jovem sustenta ainda que nenhum membro da direção da Federação de Futebol, incluindo Director Executivo tem competência de interferir no trabalho da equipa técnica liderado por Baciro Candé.
O jovem futebolista Internacional guineense, José Correia, conhecido entre amigos por “Zé Turbo” é primeira baixa da seleção da Guiné-Bissau que estará pela primeira vez numa fase final da maior competição africana de seleções.
A selecção de todos nós conhecidos por “Djurtus” venceu o grupo E, com 10 pontos, seguida por Congo, com nove, Zâmbia, com sete, e Quénia, com cinco.

Por: Alison Cabral
Fonte: O GOLO GB
Partilhe no Google Plus